Colabore com o renascimento do Museu Nacional
Doe para a reconstrução da Biblioteca de Antropologia Social 
 
Contribute to the rebirth of the National Museum
 Donate to rebuilding the Library of Social Anthropology
 
 
Campanha de Financiamento Coletivo: https://benfeitoria.com/livrosvivosnomuseu
Collective Financing Campaign: https://benfeitoria.com/livrosvivosnomuseu
 
Campanha de Doação de Livros: https://www.bfkmuseunacional.org/
 
 
Estamos prontos para inaugurar uma nova biblioteca fruto das doações de milhares de livros vindos do Brasil e do Exterior. Já recebemos 10.500 volumes, outros 8 mil já estão a caminho e esperamos atingir a marca de 40 mil livros ao fim de três anos. É chegada a hora de colocar esses livros nas estantes e torná-los disponíveis ao público. Livros livres para serem consultados, emprestados e lidos. Para tirar os livros das caixas, para torná-los vivos novamente, precisamos de seu apoio financeiro para a reforma do espaço em que a nova biblioteca será inaugurada. Acesse o link acima para saber mais.

 

livrosvivosnomuseu

 
 

 

     No dia 13 de Março, realizou-se na Biblioteca Pedro Calmon (BPC) da UFRJ, um encontro entre a Cambridge University Press, o Sistema de Bibliotecas e Informação da UFRJ (SiBI) e a Biblioteca Francisca Keller do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS/Museu Nacional/UFRJ). A cerimônia marcou formalmente o recebimento das doações feitas pela Cambridge University Press à Biblioteca Francisca Keller, que perdeu todo o seu acervo no incêndio do Museu Nacional no dia 2 setembro do ano passado.

 

     A representante da editora britânica, Vera Medeiros, esteve presente para fazer a doação dos 501 títulos que serão incorporados ao acervo da nova Biblioteca Francisca Keller, que ficará localizada no Horto do Museu Nacional. Também estiveram presentes a Coordenadora do SiBI, a bibliotecária Dra. Paula Mello, o Professor Dr. Carlos Fausto, representando a Comissão de Reconstrução da BFK, a bibliotecária Dulce Maranha Paes de Carvalho, responsável pela BFK, e Adriana Ornellas, Fernando Lima e Márcio Miranda, servidores da BFK.

 

doao Cambridge 1

 

doao Cambridge 3

 

doao Cambridge 5

 

doao Cambridge 2

 

doao Cambridge 6

 

 

Association of University Presses

 

Mais de 50 editoras da Association of University Presses (AUPresses) mobilizaram-se para nos doar livros! Saiba mais sobre esta iniciativa e veja a lista de editoras participantes na matéria.

 

Nossa campanha de doação de livros segue no ar! Acessem: https://www.bfkmuseunacional.org/

 

 

"Edmundo Pereira do Museu Nacional (UFRJ) cita a aproximação com os povos indígenas e afro-brasileiros como um destino no campo das Humanidades."

 

prof. edmundo pereira

Foto: AF Rodrigues/Agência Pública

 

"Jornalista de formação, Edmundo Pereira não se demorou muito atuando na área de Comunicação. Sua primeira experiência profissional como jornalista ocorreu no Estado do Acre, onde, ao ter contato mais próximo com expressões artísticas e culturais de povos indígenas, apaixonou-se pelas questões antropológicas. Isso contribuiu para que tivesse o interesse de se dedicar às pesquisas no campo da Antropologia Social e se tornasse, mais tarde, professor adjunto do Programa de Pós-graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e chefe do Departamento de Antropologia do Museu Nacional (MN/UFRJ).

 

Em janeiro, Edmundo esteve no Museu Antropológico da UFG, onde ministrou o curso de extensão Coleções Antropológicas: Desafios e perspectivas históricas, antropológicas e museais. Segundo o professor, entre os enfrentamentos atuais relacionadas às coleções antropológicas, podem ser destacados cinco pontos: o diálogo com os diversos públicos, a formação antropológica versus formação museal, o mundo contemporâneo e a antropologia em cheque, os dilemas das técnicas para o desenvolvimento de uma exposição, chamada de expografia, e os caminhos percorridos pelas peças para formação das coleções.

 

Otimista quanto ao panorama do campo das Ciências Sociais frente à realidade sociopolítica atual, ele acredita que tanto nas universidades quanto nos movimentos sociais, as atividades estão seguindo de forma intensificadas, contribuindo para qualificar melhor as relações e conhecimentos gerados da articulação de diferentes atores sociais. Um pouco desses e outros assuntos foram debatidos pelo professor em entrevista concedida ao Jornal UFG."

 

Leia a entrevista completa clicando aqui.

Matéria: Carolina Melo.

 

 

"Rising from the ashes": entrevista concedida pelo Professor João Pacheco de Oliveira (PPGAS/MN-UFRJ) à Revista Anthropology Today, v. 35, n.1, fevereiro 2019.

Disponível no link: http://jpoantropologia.com.br/…/2…/02/Entrevista-JPO_AT.pdf…

 

Anthropology today 35

 

Subcategorias

UFRJ Biblioteca Francisca Keller - PPGAS/MN/UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ